CEOs e as obras que contribuíram para sua formação pessoal e profissional

14 CEOs de diversos segmentos, com ampla experiência em seus mercados de atuação, destacam obras que contribuíram para sua formação pessoal e profissional.

CEOs e as obras que contribuíram: Andrey Coelho

Andrey Coelho, CEO da Yaman, consultoria ágil em engenharia e qualidade de software e segurança cibernética, indica o livro Sonho Grande, escrito por Cristiane Correa.

Depoimento: Esse livro me inspirou a construir uma grande empresa. Com essa leitura vi que era possível fazer, do zero, algo muito grande.

CEOs e as obras que contribuíram: Leonardo Simão

Leonardo Simão, co-CEO estratégico da Reach, holding de soluções integradas de comunicação omnichannel, Speech Analytics e marketing digital, indica o livro The Sales Acceleration Formula, escrito por Mark Roberge.

Depoimento: Esse livro possui insights valiosos na montagem de uma máquina de vendas B2B.

CEOs e as obras que contribuíram: Thiago Santos

Thiago Santos, CEO da Reach, holding de soluções integradas de comunicação omnichannel, Speech Analytics e marketing digital, indica o livro Do Zero ao Exit, escrito por Leonardo Simão.

Depoimento: Esse livro é fundamental para entender o passo a passo de como preparar uma startup para levantar recursos. Além disso, com uma leitura agradável, podemos conhecer diversos erros e acertos, dificuldades e crises enfrentadas nas 14 empresas diferentes criadas e geridas pelo executivo.

CEOs e as obras que contribuíram: Otavio Farh

Otavio Farah, CEO do FitBank, provedora de infraestrutura de Banking as a Service, indica o livro Auto-engano, escrito por Eduardo Giannetti.

Depoimento: Ler esse livro me ajudou a ter mais disciplina nas decisões e saber analisar se o que estou decidindo realmente produzirá o efeito esperado ou se estará simplesmente acalmando determinadas ansiedades.

CEOs e as obras que contribuíram: Cristiane Mendes

Cristiane Mendes, CEO & Founder do Chiefs.Group, aceleradora de startups early stage, do Delivery Center e Membro do Conselho da Tag Livros, indica o livro A Startup Enxuta, de Eric Ries.

Depoimento: Ao longo de minha jornada empreendedora, eu sempre trabalhei fazendo muito com pouco. Quando li A Startup Enxuta, me identifiquei e entendi que trabalhar de forma enxuta é mais do que uma necessidade, é uma oportunidade. Trabalhar desta forma faz com que as decisões carreguem mais criatividade.

Os processos simplificados nos levam a misturar planejamento e prática de forma vívida e circular: vamos testando e já vendo o que funciona e o que precisa ser ajustado. Isso nos leva a poupar tempo e dinheiro e aumentar o nosso potencial de entrega. Ciclos curtos e simplificados são as chaves de sucesso para uma startup.

CEOs e as obras que contribuíram: João Vitor Caminatti

João Vitor Carminatti, CEO da STARK, primeira M&ATech do Brasil, que tem como missão promover M&As dentro do segmento de Middle Market, conectando PMEs a investidores com custos mais acessíveis e de forma muito mais rápida, transparente e moderna por meio do uso da tecnologia. Ele indica o livro Essencialismo, a disciplinada busca por menos, de Greg Mckeown

Depoimento: Com o excesso de informação, estímulos e distrações dos tempos atuais, saber dizer não a boas oportunidades para focar naquelas excepcionais, é essencial! “Essencialismo” é um livro inspirador. Daqueles que transformam nosso modo de pensar e viver. Recomendo para executivos e empreendedores que buscam se desenvolver como pessoas e profissionais.

CEOs e as obras que contribuíram: Orlando Cintra

Orlando Cintra, CEO & Founder do BR Angels, associação de investimento-anjo formada por executivos C-Level de grandes empresas, indica o livro Criatividade S.A, de Amy Wallace e Edwin Catmull.

Depoimento: O livro conta a jornada da gigante PIXAR, que inventou um novo modelo de fazer cinema através dos computadores, algo que ninguém acreditava no passado.

Resiliência, inovação, investidores como Steve Jobs, qualidade na frente de custos, muito trabalho duro: temas que o livro retrata de forma fácil, mas profunda. Mostra como pessoas incríveis, com um sonho em comum, podem transformar ideias em realidade, afetando corações e mentes de crianças e adultos de todo o mundo.

CEOs e as obras que contribuíram: Ricardo Penzin

Ricardo Penzin, Diretor Geral da HyperloopTT na América Latina, indica o livro Pitch Anything, com autoria de Oren Klaff.

Depoimento: Vale a leitura pelo entendimento das técnicas de negociação sob uma perspectiva antropológica, que nos ajuda a saber como nos posicionar melhor perante uma negociação e ter o olhar e a percepção de quem nos ouve.

CEOs e as obras que contribuíram: Bruno Vieira

Bruno Vieira, CEO & Founder Da Capitalz, indica o livro O Essencialismo: a disciplinada busca por menos, de Greg Mckeown.

Depoimento: Quando li “Essencialismo – A Disciplinada Busca por Menos”, de Greg Mckeown, foi um divisor de águas na minha carreira empreendedora.

Como o próprio livro diz, “O essencialista não faz mais coisas em menos tempo; ele faz apenas as coisas certas”, em referência aos ensinamentos sobre como aprender a identificar as atividades essenciais na nossa vida e sobre como desenvolver a mais poderosa ferramenta de produtividade que o homem já criou: o foco. Um livro simples, curto, de cabeceira, mas que foi capaz de mudar a minha vida e toda a minha visão sobre o que é ser uma pessoa bem sucedida.

CEOs e as obras que contribuíram: Cristian Aquino

Cristian Aquino, fundador e CEO da Camerite, startup de videomonitoramento colaborativo por meio da Inteligência Artificial, com câmeras de vigilância integradas e armazenamento 100% em nuvem, indica o livro O Lado Difícil das Situações Difíceis, de Ben Horowitz, um dos empreendedores mais respeitados e experientes do Vale do Silício.

Depoimento: Enquanto nas redes sociais todos parecem ser gurus do empreendedorismo, com respostas rápidas para questões complexas, na vida, todo empreendedor se depara com situações difíceis, com as quais nunca teve de lidar.

Para mim, esse é um dos pontos altos do livro: a verdade é que não existem respostas prontas para muitos dos problemas do dia a dia do empreendedor. Por exemplo: como eu estaria pronto para gerir uma empresa de 500 pessoas se nunca fiz isso antes?

É preciso coragem para ser honesto consigo mesmo e assumir sua limitação. Você não tem uma resposta simples para essa pergunta. O autor encoraja o leitor a buscar ajuda de pessoas experientes, que possam auxiliá-lo a resolver problemas complexos. Essa troca de experiências é algo vital para o empreendedor. Sem ela, não há como gerir problemas de forma satisfatória.

Este é um daqueles livros de cabeceira essenciais para quem tem um negócio. Ben Horowitz se coloca como esse conselheiro experimentado, compartilhando situações difíceis que passou e conduzindo o leitor às soluções. Uma experiência muito próxima de um diálogo amigável e proveitoso.

CEOs e as obras que contribuíram: Daniel Abbud

Daniel Abbud, CEO da Dryve, startup que quer transformar a experiência de compra e venda de veículos usados, indica o livro Davi e Golias, escrito por Malcolm Gladwell.

Depoimento: O livro traz uma análise bem interessante sobre a perspectiva de como empresas podem explorar os pontos deficitários das grandes corporações para ocupar o seu espaço.

CEOs e as obras que contribuíram: Cristiano Maschio

Cristiano Maschio, fundador e CEO da Qesh, fintech que, com base em sistemas de Banking as a Service e Bank as a Platform, transforma negócios em Smart Money, indica o livro Capitalismo Consciente, de John Mackey e Raj Sisodia.

Depoimento: “O dia mais importante de nossa vida não é aquele em que nascemos, ou em que damos os primeiros passos, ou que chegamos à puberdade, ou do diploma universitário ou do casamento. É o dia em que finalmente intuímos o motivo pelo qual nascemos.

Quando entendemos por que e para que estamos vivos”. Me espelho nessa frase do livro, pois enquanto você não descobrir o verdadeiro propósito, a vida e os negócios não terão sentido.

CEOs e as obras que contribuíram: Alexandre Ribeiro

Alexandre Ribeiro, CEO da Go2Mob, empresa que opera no segmento B2B2C e oferece soluções integradas para ajudar seus clientes a ingressar no universo mobile, indica o livro O Povo Brasileiro, de Darcy Ribeiro.

Depoimento: Além de ser o último livro do Darcy Ribeiro, O Povo Brasileiro sintetiza 30 anos de estudo sobre a origem da sociedade brasileira. Sua leitura nos ajuda a quebrar paradigmas sobre as diferentes culturas e etnias que formam nossa sociedade, como surgiram e foram moldados os hábitos e costumes regionais. Darcy consegue revelar e influenciar em nossa percepção do perfil da nossa população.

CEOs e as obras que contribuíram: Dra. Luciana Allan

Dra. Luciana Allan, diretora do Instituto Crescer, instituição que atua na área de Educação em projetos voltados à formação de professores, indica o livro Viagem à escola do Século XXI, escrito por Alfredo Hernando Calvo.

Depoimento: Escrito pelo psicólogo e pesquisador espanhol Alfredo Hernando Calvo com a ideia de mostrar como trabalham as escolas mais inovadoras do mundo, esse livro é referência para mim, pois explora como essas escolas vem reorganizando seus espaços, trabalhando a partir de novas metodologias e maneiras mais colaborativas.

Fonte: https://pracarreiras.com.br/

Our location

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur elit. Quisque quis quam ipsum

m